EK

© 2023 by EK. All rights reserved.

  • Facebook Classic
  • w-tbird
  • RSS Classic

Vinyāsa Yoga

Origens Tântricas do Vinyasa 

Vinyāsa Tantrika Yoga

Sūrya Namaskāra no texto Kulāla Śāstra do século 14

PORTUGUÊS & ENGLISH BELOW

"Toda manhã de cada dia, se executa o puja para queimar todos os impedimentos. Isso se começa bebericando de água sagrada [energizada com mantras]. Em seguida, realizamos uma namaskara de prostrações ao Sol (Sūrya namaskara). Cada um [deles] é contínuo, [com] o movimento de todo o corpo, que é uma guirlanda de lótus ininterrupta de poses, culminando na prostração das 8 partes do corpo (aṣṭāṃga pranama) fluindo. O iogue permanece como um bastão (dandavat), com as mãos no gesto [de] reverência; [segundo] o iogue vai para baixo [agachamento] em direção a Mãe Terra [inalação]; [terceiro] o iogue prostra todo o seu corpo, estendendo-se sobre a terra como um bastão (dandavat) pairando sobre a terra ... "

 

- Deusa Ānanda Bhairavī, no Kulāla Śāstra, Século 14.

“Every morning of every day, we perform pūjā to burn away all impediments. This begins with sipping of sacred water [blessed with mantras]. Next, we perform a Namaskāra of prostrations to the Sun (sūrya namaskāra). Each is continual, flowing movement of the entire body which is an unbroken lotus garland of poses, culminating in the 8-part body prostration (aṣṭāṃga praṇāma). The yogin stands like a staff (daṇḍavat), with hands [in the gesture of] reverence; [second] the yogin lowers straight down [squat] towards Mother Earth [inhalation]; [third] the yogin prostrates his whole body, extending over the earth like a staff (daṇḍavat) hovering over the earth… ”

 

- Goddess Ānanda Bhairavī, from the Kulāla Śāstra, ca. 14th century.

Recomendações 

 


Pela manhã, não saia correndo da cama. Espreguice-se, alongue as pernas e os braços, deite sobre o lado direito, sente-se e daí então levante-se.


- Verifique sua língua. Amarelada ou esbranquiçada mostra que seu aparelho digestivo não está bem. Estando na cor vermelha denota um aparelho digestivo mais saudável. Após a limpeza da língua (com uma colher ou escova de dentes), tome um copo d´água natural (evite água gelada, isso pode prejudicar seu fogo digestivo), seguido de mais um copo d´água morna com algumas gotas ou até metade de um limão, o que ajuda a purificar e  alcalinizar todo o sistema orgânico, dentre outros inúmeros benefícios.


- Pratique yoga em jejum. Caso sinta fome ou sentindo-se lento, desligado, tome um iogurte ou uma taça de café, chá ou suco natural. 
- Após a prática, deixe um intervalo de  ao menos 15 minutos para tomar banho, sendo o ideal 30 minutos depois ou de preferência, até mais tempo.
- Pratique em local tranqüilo sobre superfície adequada e roupas confortáveis.
- Antes de praticar, deixe intervalo de 4 horas após uma refeição pesada e 2 horas após uma refeição leve. Após, espere 30 minutos antes de alimentar-se. Prefira alimentos naturais e integrais, com o mínimo de aditivos alimentares.

Surya Namaskara - Saudação ao Sol 

"De acordo com textos antigos, a prática do suryanamaskara é importante para o desenvolvimento espiritual. Mantém o corpo físico forte e em boas condições, mas o foco primário é melhorar o controle da mente e obter um maior grau de devoção. Sua prática regular traz felicidade, saúde e luz solar para o espírito." (Astanga Yoga, Lino Miele, p.9).

Comece com três repetições e depois suba até 5. Esteja atento a respiração: os movimentos são guiados pela respiração, criando ritmo e melhorando a circulação de energia.

Ex.: inspire e vá elevando os braços, expirando desça o tronco, braços e cabeça próxima aos joelhos, inspirando eleva-se a cabeça, coluna reta olha-se á frente, expirando caminha para trás flexionando os cotovelos, inspirando empurra-se o chão abrindo o peito olha-se acima, expirando elevando o quadril e mantendo por 5 respirações. Inspirando caminhe á frente e olhe á frente, expirando descendo o tronco e braços com cabeça próxima aos joelhos, inspirando elevando o tronco e os braços acima da cabeça com mãos unidas, expirando postura de início samasthiti.
9 vinyasa: movimentos seguem sincronizados á respiração
Respiração audível - escuta-se o som da respiração: inspirando o “ssssss” passando pelas narinas, e exalando, como um sussurro, ou o som das ondas do mar, “hamm”, passando atrás da garganta.



  

        

 Insp.   Exp.   Insp.           Exp.                Insp.             Exp.           Insp.      Exp.  Insp.    Exp. 

                                                                                 (5 respirações)                

                         
Relaxamento final: Após a prática, deite-se e descanse por + ou – 5 minutos. Deitado no chão, palmas das mãos para cima, solte o corpo por inteiro. Perceba a respiração acontecendo naturalmente, sem qualquer esforço.